The List of the Beast #2: filmes musicais favoritos


Entre tantos posts que queria fazer nessa categoria, esse com certeza era um dos mais aguardados por mim. *-* Filmes musicais são polêmicos: há quem odeie, há quem ame. Muita gente por nunca ter assistido um não tem uma opinião realmente formada, então às vezes sai falando que odeia.
Mããs... Eu TE DESAFIO a assistir algum desses e não gostar, porque depois que eu vi o primeiro da lista fiquei retardadamente apaixonada (o sonho da minha vida é participar de algum musical, ou pelo menos de um número musical que seja haha #sério). Muita gente que não gosta fala que é ridículo porque as pessoas não saem cantando na rua desse jeito e blá blá blá, mas a graça está justamente aí. Não precisa ser realista pra ser legal e parecer real, caso contrário a maioria dos filmes não faria sucesso.
Enfim, aí vai a lista com os preferidos. Sei que ainda falta muita coisa legal e essencial pra quem gosta de musicais, mas é um atraso que pretendo tirar nas férias :)
p.s.: longas animados terão uma lista só pra eles!

1 - Mamma Mia!

A jovem sonhadora e romântica Sophie está prestes a se casar e por não conhecer seu pai biológico, envia três convites para Sam Carmichael, Harry Bright  e Bill Anderson, para que os três compareçam a seu casamento. É que sem sua mãe saber, Sophie leu seu diário e viu que um dos três homens pode ser de fato seu pai, e mesmo ela não sabendo qual deles é, quer que eles presenciem esse momento de felicidade em sua vida ao seu lado, só que a reação da sua mãe, a destemida Donna, quanto a isso, não é das melhores.
Inspirado no famoso musical de 1999 inglês, essa praga foi a responsável pela minha paixão pelos musicais, em 2008. Nunca tinha assistido a nada do gênero, foi amor à primeira vista. As músicas do filme, fiquei sabendo depois, são todas do ABBA, e ou são divertidíssimas e te fazem sair pulando pela casa cantando junto, ou são baladas lindas que te fazem querer subir no sofá-cama-whatever e cantar junto shorando e rangendo os dentes. Daí obviamente também virei fã do grupo sueco por causa do musical. A locação é na Grécia, naquelas ilhas lindas com aquela água que parece gelatina azul líquida (?). E gente. TEM O COLINDO FIRTH. Pronto, isso foi uma ordem pra ver o filme ONTEM.
Foi até difícil escolher um dos números musicais pra postar aqui, mas acho que fico com Lay All Your Love On Me, com Sophie e o noivo Sky, que é bonitinho e também um dos mais divertidos (Amanda Seyfried nem sonhava em fazer Os Miseráveis haha).



2 - Grease

O filme conta a historia de um casal de estudantes, Danny e Sandy, que trocam juras de amor no verão mas se separam, pois ela voltará para a Austrália. Entretanto, os planos mudam e Sandy por acaso se matricula na escola de Danny. Para fazer gênero, ele infantilmente a esnoba, mas os dois continuam apaixonados, apesar do relacionamento ter ficado em crise. Esta trama serve como pano de fundo para retratar o comportamento dos jovens da época.
Duas palavras: ANOS 50. Também inspirado num musical, o Grease da Broadway de 1971 (inclusive tem no elenco como amigo do Danny o ator que fez o Danny no musical), o filme foi feito em 1978. De uma coisa eu sei: quando eu morrer, minha vida não terá valido a pena se eu não puder encenar e cantar Summer Nights, provavelmente a música mais famosa do filme hihi. E gente, fala sério, o John Travolta era muito gacto. *-* Amo tanto esse filme que tenho o box duplo Rockin' Edition hihi (mas o meu não veio com a jaquetinha, QUE ÓDIO VELHO). 
Deixo pra vocês o vídeo da Summer Nights então.


3 - Hairspray


No fim da década de 50, o sonho de todos os adolescentes da época, em Baltimore, era aparecer no The Corny Collins Show, um famoso programa de dança da televisão. Tracy Turnblad é uma jovem que adora dançar e ela impressiona os juízes do programa e acaba ganhando um espaço na atração. O seu sucesso acaba ameaçando a hegemonia de Amber von Tussle, e a disputa entre elas torna-se mais acirrada quando as duas jovens se interessam pelo mesmo rapaz, Link Lark. Ao mesmo tempo que Tracy e Amber disputam o título de Miss Hairspray, o contexto histórico-espacial toma parte do protagonismo no filme, na medida em que é promovida a integração racial por oposição à separação que se verificava até à época.
Na verdade Hairspray e Grease QUASE empatam no 2° lugar... Hairspray, lançado em 2007, é empolgante do começo ao fim. A apresentação dos participantes no The Corny Collins Show, logo no começo, já te faz surtar de tão legal (e de tanta inveja da roupa das meninas)! E mesmo assim o filme todo tem uma mensagem muito legal sobre o que já era a futilidade na época, a ditadura da beleza, e ainda sobre o racismo, pois, em plenos anos 60, a música e dança negras eram consideradas uma escória, ninguém podia se misturar numa festa e aquela babaquice toda que vocês sabem. Nesse filme também meu nojinho pelo Zac Efron acabou, pois ele mostrou sua versatilidade e evolução desde aquele troço Highschool Musical (nunca gostei). Tem também a fofa da Amanda Bynes (pena ela ter virado uma porra-louca drogada e cheia de botox, adorava os filmes dela). O ambiente dos programas de tv da época é bem legal e diferente, as músicas são fora de série... E AH, tem John Travolta, o Danny de Grease, fazendo a MÃE da Tracy! É impagável :D


4 - A Noviça Rebelde (The Sound of Music)

O filme conta a história verídica da família de cantores Von Trapp, mostrando desde os dias da então noviça 'Maria' num convento em Salzburgo, Áustria. Maria, que não consegue seguir as rígidas normas de conduta das religiosas, é enviada para trabalhar como governanta das 7 crianças filhos do 'Capitão Georg von Trapp'; este é viúvo, e desde a morte de sua esposa educa os filhos com rigor militar. A chegada de Maria modifica drasticamente a vida da família ao trazer alegria e conquistar o carinho e o respeito das crianças.
Oi Rainha Clarisse de Genovia (sim, Maria é a avó da Mia, gente!)! A Noviça Rebelde foi lançado em 1965. Eu, depois que comecei a gostar de musicais, nunca tinha visto esse em especial, apesar de, claro, já ter ouvido falar. Eis que um dia de madrugada estava zapeando a tv e vi começar um filme. Deixei rolar pra ver qual era e acabei assistindo. Em questão de minutos fui completamente envolvida pelo filme, pelos cenários lindos da Áustria e Alemanha, pelas músicas... Aí entendi porque é tão falado e tão famoso. É um filme maravilhoso, simplesmente cativante. Não ligo por ser antigo, e os 7899 filhos do Capitão von Trapp acabam fazendo o filme ficar mais legal (o que não aconteceria na vida real hahaha - aliás, o filme É baseado em fatos reais). O filme é imenso, e não vou ficar dando spoiler sobre o que acontece (porque claro que eu mesma não sabia, então me surpreendeu), mas eu levei um susto da porra, achei emocionante, dhygno e chorei muito. Claro que pra hoje é um tema talvez batido, mas acho que nunca é demais que ele seja lembrado, tamanho foi o horror.
O número que escolhi foi My Favourite Things. E acreditem, esse foi o com a melhor qualidade, apesar de ser filmado de uma tv. Impressionante um filme famoso desses não ter nada direito no YouTube.


5 - Chicago

Velma Kelly é uma famosa dançarina que é também a principal atração da boate onde trabalha. Após matar seu marido, Velma entra em uma seleta lista de assassinas de Chicago, a qual é controlada por Billy Flynn, um advogado que busca sempre se aproveitar ao máximo da situação. Ao contrário do se esperava, o assassinato faz com que a fama de Velma cresça ainda mais, tornando-a uma verdadeira celebridade do showbizz. Enquanto isso a aspirante a cantora Roxie Hart sonha com um mundo de glamour e fama, até que mata seu namorado após uma briga. Billy fica sabendo do crime e decide adiar ao máximo o julgamento de Velma, de forma a poder explorar os dois assassinatos ao máximo nos jornais. Assim como ocorreu com Velma, Roxie também se torna uma estrela por causa de seu crime cometido, iniciando uma disputa entre as duas pelo posto de maior celebridade do meio artístico.
Baseado numa peça que foi baseada em outra que foi baseada em fatos reais da década de 20, Chicago me foi indicado pelo namorado. Não imaginava que ia gostar tanto! Tudo nesse filme é perfeito - ele tem a comédia e a ironia suficientes pra não ficar caricato ou forçado demais, as músicas são ótimas, o figurino é lindo e me fez babar litros, e Catherine Zeta-Jones e Reneé Zellweger dançam, tipo, DEMAIS DEMAIS DEMAIS *______*~ Perfeitas, omg! A história é envolvente e te faz imediatamente tomar partido de uma delas. Eu confesso que prefiro a Velma. A Roxie é legal mas meio destrambelhada, haha.
Pro vídeo, escolhi a chiclete All That Jazz, da Velma Kelly (ignorem a nota da abertura porque a qualidade tá boa).


6 - Moulin Rouge

A história se passa em 1899 e gira em torno de um jovem poeta, Christian, que desafia a autoridade do pai ao se mudar para Montmartre, em Paris, considerado um lugar amoral, boêmio e onde todos são viciados em absinto. Lá, ele é acolhido por Toulouse-Lautrec e seus amigos, cujas vidas são centradas em Moulin Rouge, um salão de dança, um clube noturno e um bordel (mas cheio de glamour) de sexo, drogas, eletricidade e - o que é ainda mais chocante - de cancan. É então que Christian se apaixona pela mais bela cortesã do Moulin Rouge, Satine.
Moulin Rouge, da primeira vez que assisti, não vi graça, acho que porque não via muita graça em musicais. Achei legal, mesmo assim. Depois que passei a ter gosto pelo gênero vi de novo, e aí a opinião foi outra coisa! O filme todo é lindo, deslumbrante e engraçadenho, mas terrivelmente triste. Acho que a lembrança mais forte que tenho dele é do choro descontrolado no final (não é propriamente um spoiler o que acontece, mas mesmo assim, não vou falar aqui), daqueles que não tenho com toda coisa que assisto/leio.
O legal dele, além da ambientação antiga com figurino cheio de reinvenções e moderno, é, claro, a trilha sonora, que tem desde lindas composições próprias (como Lady Marmalade, quem nunca ouviu me bata na cara! hahaha) até hits pops do David-lindo Bowie, U2, Queen, Madonna. Tudo isso faz o filme ficar ainda mais legal de se assistir, pois os números se alternam entre aquelas coisas carnavalescamente exageradas a um simples dueto romântico no telhado. E com todo o respeito, mestre Obi-Wan... Quê isso novinho, quê isso hein (normal já é lindo, cantando e com roupa de época então... MATA A VÉIA!).

Falando em musicais...

Foi difícil fazer essa lista porque queria escolher só filmes que fossem REALMENTE musicais. Por exemplo, filmes com pessoas cantando e/ou dançando, mas numa situação específica pra isso, e não aleatoriamente e/ou por qualquer razão, pra mim não são musicais. Mas como eu os amo muito, acho válido citar aqui também:
  • Dirty Dancing - quem não morre com Patrick Swayze no auge da lindeza todo gacto com aquela roupinha preta da dança final? Além disso, é CLARO que o filme é bom, com todas aquelas coreografias que dá vontade de imitar e uma protagonista decidida e de atitude. Nunca tinha visto o filme, daí aproveitei e junto com a edição especial de Grease comprei a de aniversário de 20 anos do Dirty Dancing, dvd duplo, super legal e cheio de extras *_*
  • Vem Dançar - vi esse filme em 2006, no 1° ano do ensino médio, exibido pelo professor de Artes. Achei SUPER LEGAL *_* Conta a história verídica de um professor que muda os alunos problemáticos de uma escola através de aulas de dança de salão no horário da detenção. E o professor não é ninguém menos que Antonio Banderas... Como se não bastasse, mal sabia eu que um dos personagens principais do filme, Ramos, era o Dante Basco, a voz do meu, do meu e do meu querido príncipe e Senhor do Fogo Zuzuuuuuuuuuuuuuuuu! AAAAAAAAAAAAAAAAH *surta* Outro motivo pra eu amar esse filme até hoje e até a morte. 
  • Johnny & June - filme obrigatório para os fãs de country e rockabilly (aloka, o Elvis aparece no filme, gente), e conta a história do maravilhoso cantor Johnny Cash, The Man in Black. Com a fofa da Reese Whiterspoon, que ganhou o Oscar de melhor atriz pelo filme, é emocionante pois além das músicas lindas, mostra desde a juventude de Johnny até a fama e sua luta para se livrar dos problemas com bebida e com drogas. Nada de sua superação teria sido possível sem June ao seu lado, e é impossível não chorar like a crazy com a história deles. Tanto é que, em 2003, quando June morreu por causa de complicações numa cirurgia cardíaca, Johnny também se foi menos de 4 meses depois, vítima de diabetes, quando já estava internado. Ok, pode ter sido a doença, mas com certeza a tristeza ajudou a piorar o quadro. :/
  • Footloose - porque Kevin Bacon se sacudindo e pulando de trens como se não houvesse amanhã é MUITO legal, hahaha. O filme mostra seu personagem, Kishan, digo, Ren, criado numa cidade grande e obrigado a se mudar para uma do interior, muito conservadora, e descobre que lá é proibido dançar. Como se não bastasse, ainda se apaixona pela filha santinha do pau-oco do reverendo durão. Se o filme fosse ruim, a dança do final já compensaria todo ele, haha. Lançaram um remake em 2011 mas tenho nojo, raiva e ódio de remakes de clássicos (e ainda mais clássicos que eu gosto...) e ainda não tomei coragem pra ver.
  • Lizzie McGuire: Um Sonho Popstar - AAAAAAAAH MEUS 11 ANOS  *cries* Nunca tinha assistido Lizzie McGuire, sequer sabia que era seriado, quando fui viciada por esse filme por uma amiga da minha sala. Perdi a conta de quantas vezes vi esse troço, çokorro hahahaha. Mas ele é muito fofinho de acordo com o que se propõe, e cheio de músicas legais (decoradas até hoje).
  • Dreamgirls - também conhecido como "musical da Beyoncé" haha (e é do gênero musical mesmo pois também tem cantora em cenas aleatórias). Se passa nos anos 60~70 e conta a história de um trio de cantoras de R&B até ficarem famosas, e aí surgem as brigas, picuinhas, intrigas e tal. É emocionante e te deixa louca querendo saber o que vai acontecer, além das músicas serem brilhantemente interpretadas. Quem me surpreendeu nesse filme nem foi a Beyoncé, e sim a Jennifer Hudson. Perfeita! :0
  • Letra e Música - rááá tive que dar um edit aqui porque me lembrei desse filme ótemo \o/ Hugh Grant interpreta o ex-membro de uma boyband famosa dos anos 80 (sim, com direito a clipe impagável e tudo) que tenta, muitos anos depois, fazer sua carreira solo. Acaba conhecendo a personagem de Drew Barrymore, que o ajuda nas composições e aí se apaixonam e tal. As músicas são ótimas, e além disso tem a Cora Cormack, uma espécie de Britney Spears budista muito surtada (que faz parceria com o personagem de Hugh), e faz a gente morrer de rir o filme todo. Recomendadíssimo :D
Ufa, então por hoje foram esses. Como eu disse no começo do post, tem alguns que ainda não vi e que provavelmente alterarão minha lista de preferidos, como a versão filme mais recente de O Fantasma da Ópera (com o Gerard Butler! *_*), cheio de músicas lindas e cover perfeito do Nightwish, e Cats (versão peça mesmo, não tem filme), que tenho o dvd desde 2011 e ainda não vi (shame on me ETERNAMENTE). Pretendo ver esses dois nas férias, mal vejo a hora :)
Bisous!

Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. JUN!!!

    Antes de mais nada quero deixar bem claro: só estou aqui porque fui intimada u.u HAUAHAUHAUAHUAH brincadeira rs AMO musicais e acho que você já sabia disso né? Bom, Grease é meu musical favorito mas eu também idolatro Mamma Mia <33 JUN, EU TAMBÉM NÃO POSSO MORRER SEM ENCENAR SUMMER NIGHTS1!!!!!!!
    Poxa, Amanda Bynes fez minha adolescencia com aqueles filmes adolescentes dele. É uma pena que ela esteja #vidaloka atualmente. Pode me julgar, mas eu gosto do Zac efron e ele está mesmo uma graça nesse filme *---*
    Faz taaaaaaaanto tempo que assisti "A noviça rebelde" que chega deu uma vontade de assistir agora e oh my gosh eu ADOOORO "all that jazz" <3
    Eu lembro que assisti Mulan Rouge no colégio e chorei feito um periquito fora do ninho ): O Ewan está um lindo nesse filme.
    E por favor Dirty Dance e Footloose é muuuuuuuito amor *-----*
    KISHAN, DIGO, REN KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK MORTA FEAT. ENTERRADA
    Amei esse post, to surtando aqui <3

    Beijos e queijos :*
    ps: Eu fiz a besteira de assistir o remake de Footloose e me deu vontade de me jogar da ponte então se tu estiver pensado em assistir, NÃO ASSISTA, por favor hahahahaha É uma porcaria! Ninguém pode substituir Kevin Bacon e Presunto ):

    ResponderExcluir
  2. ps²: Jun, a imagem do topo do meu blog é de uma série de TV muito engraçada chamada Awkward. É hilária, você devia assistir <3 E outra coisa: eu não acho que meus textos são publicáveis rs Sei lá, acho que eles são bem fracos e pessoais :/ Mas obrigada pelos elogios *-*

    ResponderExcluir
  3. Oie Jun =)

    Dessa sua listinha muitos estão nos meus favoritos tb *----* Mama Mia, Moulin Rouge, Chicago, Lizzie rs...

    O Fantasma da Opera continua sendo o meu top nos favs!

    E antes que eu me esqueça ... Parabéns pelo niver do blog o/ que venham muitos e muitos aniversários por ai!

    Beijos e uma ótima semana para você;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  4. Me sinto envergonhada ao dizer isso mas, o único da lista que assisti foi Moulin Rouge (e é um dos meus filmes preferidos). Já tentei assistir Mamma Mia! mas não tive uma ~conexão~ com o filme :/ Porém, anotei as dicas e vou pedir pro meu namorado baixar (é, a vida não tá facil, haha).

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  5. Eu tive que assistir A Noviça Rebelde pra faer uma seminário de psicanálise - e você ficaria CHOCADA com a quantidade de conceitos psicanalíticos que aparecem nesse filme.

    Enfim. Depois de assistir, e ler, e pesquisar, e ensaiar, e falar... só digo uma coisa. Musicais me estressam. *dá um tiro na própria testa*

    ResponderExcluir
  6. Ai meu Deus!!!! Logo ewu vendo esse post!!! Eu amoooo musicais!!!! Sou apaixonada por eles!!! Eu colocaria The Phantom Of The Opera na lista com certeza, além de Rent. Mamma mia eu amo as músicas!!!

    ResponderExcluir
  7. Oi fofa.

    Nossa muito legal sua lista... Bom pra quem quer conhecer mais sobre o gênero, e sugestões de que filmes assistir!! Muito legal... muito boa suas recomendações!!! Adorei flor *---* Parabéns pelo post, muito bom!!!

    Flor seu blog é muito legal... Continuando assim ele crescerá bastante!!! Bom se quiser visitar e seguir meu blog fique a vontade... Ficarei muito contente e claro retribuirei o carinho!!!

    http://deculturaabeleza.blogspot.com.br/
    Bjss!!!

    ResponderExcluir
  8. Mamma Mia!!! Adorei, acho foi um dos unicos musicais que posso dizer que eu REALMENTE gostei ahhaha, eu adoro Abba desde minha infância, e quando lançou o clipe com todas as músicas fazendo parte perfeitamente da história, não tem como não gostar, não é mesmo?
    Outros eu já vi, mas para mim não foram tão legais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Mamma Mia é maravilhoso, sempre terá um lugar especial no meu coração porque foi com ele que aprendi a gostar e admirar musicais, pois antes eu não dava a mínima.
      E ABBA é maravilhoso, o que dizer deles sem soar redundante né? Não tem e nunca terá nada parecido na história da música, as composições são únicas ♥
      Mas quais outros você já viu? Posso te recomendar alguns, se quiser! :)

      Excluir
    2. Eu vi o Grease, Moulin Rouge e o Sweaney Tod (nao sei se é assim que escreve...)
      Bem o Grease, eu não vi muita graça, o Moulin Rouge eu gostei! Achei interessante! Agora o Sweaney Tod eu vi duas partes e perdi o animo de ver até o final! >_<

      Excluir

© KURONEKO - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | CRIADO POR YASMIN BERARDINELLI