Resenha: Lua das Fadas

Que saudade do blog, porrãn! Caramba, fiquei mais de 1 mês sem atualizar! :< Mas tive meus motivos. Um foi a faculdade, MAS JÁ ESTOU DE FÉRIAS E DE RECESSO DO FÓRUM, THANKS GOD. Já não era sem tempo, pois esse 8° período foi o PIOR  de toda a história, nunca vi tantos trabalhos juntos e valendo uma mixaria de pontos, que desgraça! 
E o outro motivo é porque estava editando as fotos pros posts do Anime Friends, mas ainda não deu pra editar todas pois são muitas e eu tive pouco tempo no pc esse mês. Daí, na quarta-feira, gravei a vídeo-resenha (ai que vergonhaaa) de Água para Elefantes, achando que conseguiria editar num dia só, e obviamente, postar no mesmo dia junto com um sorteio do livro. Ledo engano... Fui chinelada pelos programas de edição de vídeo que baixei haha, que vergonha. Meu namorado vai editar pra mim enquanto não aprendo, e então vim trazer essa resenha do livro Lua das Fadas, que li logo depois de Água para Elefantes!

Autora: Eddie van Feu
Editora: Escala
Páginas: 270
Nota:  ★★★★ - LEIA FDP !
Depois que a melhor amiga Analice desaparece misteriosamente, Bianca recebe estranhas pistas de que ela possa estar no Mundo das Fadas. Buscando ajuda do anjo encarregado do reino dos elementais do Ar, Rafael, Bianca acaba conseguindo como guia o anjo Zacariel, que não parece muito confortável nesta missão. Antes de tudo eles precisam conseguir o Elixir de Tir Nan Og com a Rainha Paralda, sem o qual Bianca virará pó quando (e se) voltar para seu próprio mundo. Em seu caminho, eles encontram fadas, ninfas, sereias, sátiros, elfos e cidades de humanos desaparecidos, sempre tentando evitar a temida Corte Unseelil, o terror do Reino das Fadas.Mesmo discutindo quase o tempo todo, Bianca e Zacariel precisam unir suas forças para sobreviver e encontrar Analice, enquanto tentam compreender seus próprios sentimentos e descobrir quem afinal está guiando quem e para onde.


Preciso respirar FONDO pra falar desse livro pois nem sei por onde começo, pois ele SUPEROU  TOTALMENTE, EM 100000% MINHAS EXPECTATIVAS. Ah, posso ir então pela autora. Leio a Eddie desde 2003 por causa da série Wicca, que aborda esta religião e outras práticas mágicas. Porém ela também é autora de livros, como outros enfocando a Wicca, e de ficção, como O Portal, Alcatéia - Prateada (esse comprei no Anime Friends e está na fila pra ser lido *-*). Estes sempre tive curiosidade pra ler por já gostar de tudo que li da Eddie até hoje. 
Eis que fico sabendo desse livro, praticamente um YA. E não, antes que pensem "ah, a fulana lá escreveu pra vender", NOES, foi a Editora Escala que encomendou um livro em estilo YA com temática mística/sobrenatural pra Eddie por ela conhecer muito o assunto.
ENFIM. Comprei ele em setembro do ano passado quando viajei pro Rio por causa da Bienal mas por estar com muita curiosidade pra ler, passei vários livros na frente dele (é tipo estocar aquele chocolate importado ABSURDO que você comprou e ir enrolando e deixando pra comer depois. QUEM MAIS FAZ ISSO ME AVISE PRA EU NÃO ACHAR QUE SOU DOIDA).

Então, comecei a ler e não consegui mais parar, acabei terminando ele rapidinho, no tempo que costumava terminar livros antes. A leitura no começo pode parecer muito simples e inocente, mas isso é realmente SÓ o começo.
Bianca, a protagonista, vive uma vida feliz numa família perfeita com pais que se amam e a amam muito. Ela é curiosa e adora Wicca e esoterismo, e sua melhor (e única) amiga Analice a acompanha nas empreitadas místicas. Em uma delas, Bianca adquire um tabuleiro Oui-ja (aquele que segue o mesmo esquema da conhecida "brincadeira do copo"), e então começam a se comunicar com o que supostamente é um espírito. Até que, numa ventania, Bianca se distrai com tudo voando e sendo jogado, e Analice desaparece. Ela então, depois de muito desespero, começa a receber estranhas (e engraçadas) pistas sobre o paradeiro da amiga, e entaão recorre ao contato com os anjos para que a ajudem a encontrar Analice. Rafael, o anjo que lidera os elementais do ar, aparentemente não pode atender no momento do contato, então o que sobra pra Bianca é Zacariel. 
Ele a orienta em como proceder para entrar no Mundo Encantado/Mundo das Fadas. Inicialmente, é apenas uma voz rabugenta guiando-a, mas devido a um incidente ele se materializa de vez no Mundo Encantado. Desnecessário dizer como o sujeito é bonito... Aliás, EXISTE protagonista de YA feio, minha gente?

A jornada de Bianca e Zac então começa. É engraçada a relação dos dois pois eles vivem brigando, mas está claro que é porque Zac, como anjo em uma missão, tem que ser muito zeloso com sua protegida. A viagem até encontrarem Analice é longa, mas nada que acontece antes é por acaso. No começo pode realmente parecer tudo muito pacato, mas como eu disse antes, é só o começo. Não quero ficar dando muitos detalhes, mas a relação de Bianca e Zac obviamente vai ficando mais tensa, e você fica  OMGFARGHHHH SEUS PALERMAS ANDEM COM ISSO, ACONTEÇA ALGO LOGO, OHMYGODOHMYGODOHMYGOD


E então as coisas começam a acontecer ABEÇURDAMENT. Primeiro, se nota logo a evolução da Bianca. De personagem impulsiva e um pouco inconsequente, apsesar de bem intencionada, ela passa a corajosa, determinada e mais racional. ISSO sim é evolução de personagem, seja em YA ou qualquer outro estilo, pois NÃO DÁ pra começar o livro, passar por situações extremas e continuar exatamente da mesma forma como começou. Nesse quesito de evolução de protagonista, Bianca me lembrou muito Luke Skywalker, que é outro protagonista que amei, justamente por também não ser raso, saber evoluir e aprender com os erros e continuar fiel a si mesmo. 
Outro que guarda muitas surpresas é Zac. Ele foi a MAIOR surpresa do livro, aliás, pois o que se revela sobre ele é algo que eu sinceramente, honestamente, do fundo do meu coração cheirador de livros e gatos, é algo que eu NUNCA esperaria. E não é algo ruim, é algo que é bem explicado e faz todo o sentido, e muda completamente os rumos da história. Fora que Zac é lindo e tem um jeitinho de protagonista de YA que não se vê muito por aí, todo atencioso mas sério, e corajoso, mas distraído e rabugento às vezes pois ele não é perfeito, além da revelação que o faz ficar mais legal ainda, achei uma combinação linda e diferente hihihihihihih #fangirl


O Mundo Encantado é repleto de perigos, e Eddie descreve tudo de uma forma que fica verossímil tanto pra quem já acredita que ele exista, como eu (já que é algo presente na Wicca), quanto pra quem não acredita. Tudo faz muito sentido, está bem amarrado, descrito e construído. Além disso, a escrita da Eddie, como eu já sabia na Wicca, é divertida e engraçada. Mas neste livro, narrado em terceira pessoa, como se fosse mesmo alguém contando a história de Bianca, a Eddie conseguiu, brilhantemente, deixar a leitura leve e MUITO divertida e engraçada. Mas nos momentos certos, lógico, pois nas partes tensas, perigosas e dramáticas, pois o Mundo Encantado é MUITO perigoso e hostil, quase nada lá é o que parece, ela também soube contar tudo com maestria, chegando a me fazer chorar mais pro fim do livro. 

E AI, QUE FIM, QUÊ ISSO, QUE LOUCURA FOI AQUELA??????????? COMO ASSIM, COMO ASSIM, COMO ASSIMMMMMMMMM E DEPOIS OK MAS QUANDO VOCÊ ACHA QUE TUDO ACABA ACONTECEM COISAS E POR CAUSA DELAS QUE ACONTECERAM CERTAS COISAS ANTES MAS MESMO ASSIM OQUEFOIAQUILOOQUEFOIAQUILO ARGHHH PRECISO LER A CONTINUAÇÃO PRA ONTEM




Mas preciso liquidar aquela filinha lá da estante primeiro, então, por enquanto, nada de O Trono sem Rei, ARGH NÃOOOOOOOOOOO... Mas justamente por isso vou tentar ler tudo loucamente, o mais rápido que eu puder nessas férias, já que logo sai o terceiro e último livro. 
Falando em final, depois que o "livro" acaba, tem umas palavrinhas da Eddie explicando como ele foi escrito e algo que eu chamaria de epílogo, MUITO MUITO MUITO legal, explicando a origem do Zac e toda a hierarquia dos anjos, com personagens novos e tal. ADOREI ver Uriel e Rafael representados assim, lindos e falantes em um livro! Me lembrou Angel Sanctuary (um mangá) com aqueles anjos LEEENDOS de morrer.

O que tenho pra dizer é, como diria um ex-professor de Direito Penal meu, "LEIAM ESSA PORRA!" Leiam MESMO, esse livro é um mindfuck dos grandes, e depois você fica com aquela sensação maravilhosa de "minha cabeça explodiu", algo que não costumamos sentir com todo livro que lemos. 
Eu poderia ficar aqui a madrugada TODA falando de como esse livro é MARAVILHOSO. *chora*

Pra quem ficou LOUCA E DOIDA pra comprar. COMPREM AQUI! Está só por 25 REAIS e com FRETE GRÁTIS! E ainda tem a continuação, O Trono Sem Rei, e outros livros da linda da Eddie. TUDO COM FRETE GRÁTIS MINHA GENTE!
Agora preciso ir. Amanhã vou sair pra comprar o resto da indumentária (calça e top pra usar debaixo do blusão) pra começar a academia (SIM HAHA, nem eu mesma acredito...) e uma tinta de cabelo nova, cansei desse castanho, já fiquei muito tempo com ele e esperei e tratei demais pra pintar, CHEGA! °3° Aguardem fotos do visual novo. 8D

Bisous gente, e Feliz Litha/Yule/Natal se eu não voltar até lá! :3





Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Adorei a resenha, ri muito! Adorei os gifs kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Porque a protagonista se chama justamente Bianca, e porque tua resenha foi um máximo, eu sinto que lerei este livro '-' HAUHSUHAUHSHAUSHUAHUSHUAHUSA
    Gosto das suas resenhas, porque não são cansativas, muito pelo contrário!

    E bem, o tema é fascinante, e o preço tá bom, é um MUST NA MINHA LISTA MANO! ♥

    Mil beijos, Junny querida :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha sim Shanaw, enquanto lia em determinada parte pensei nesse nome e lembrei da única Bianca que eu conheço, tu, mulher! Deve ser mágico ter o nome de alguma personagem de livro assim, haha. E eu APOSTO que você vai amar se ler! \o/

      Excluir
    2. Quero ver se consigo o livro! ;w;
      Bom, eu suspeito que o meu nome foi retirado daquela série de novelas de banca que mamãe gosta de ler. Quer dizer, tem um monte da série "Bianca" na coleção dela. u.o E o mais massa: essa é a série de romances místicos e sobrenaturais, HSUHASUASUAHS *O*''

      A propósito, te indiquei pra um meme, faça se quiser ♥
      http://hishoku-sora.blogspot.com.br/2012/12/meme-11-coisas.html

      Excluir
  3. Entendo muito bem como é ler um livro que te prende e surpreende, quando tu já achas que tá por dentro de tudo da história. É aquela clássica reação de parar de ler, dar uma respirada e dizer: Fuuuuuuuck. hehehehehe

    Conheço por cima alguns dos trabalhos da Eddie, mas pela resenha, a história parece ser bem boa. :3

    Vou começar a ler água para elefantes e estou louca para ver a vídeo resenha!

    Beijão

    ResponderExcluir
  4. Jun!!! Jun!!! JUUUNNNNN!!!! EU AMEI SUA RESENHAAAAA!!! E amei seu blog! Cara, eu precisava muito ler coisas assim, morri de rir aqui com o Renato! E menina, me manda um e-mail pra virar parceira!!! eddie@eddievanfeu.com
    E continue o excelente trabalho! Continue assim! Continue! E fure a fila dos outros! Leia a gente! Leia a gente!

    ResponderExcluir
  5. Esssa resenha foi perfeita pq vcpce ficou igualzinha a mim quando leu o livro pq tinha partes que eu ficava louca... e tinha partes que eu chorava esse trabalho da eddie foi perfect *_*

    ResponderExcluir
  6. Elizabeth Rodrigues T. Gouveia8 de fevereiro de 2013 11:13

    Pra falar da Eddie é dificil...sem palavras, porque todos os livros dela são demais, obrigada de coração, porque fiquei curiosíssima pra ler Lua Das Fadas; parabéns pela página, seu blog é perfeito! Aliás, foi a Eddie a responsável por eu gostar de bruxaria, eita menina, ás vezes penso, será que ela é gente mesmo, ou um ser metamorfo? Deve ser fada, sem dúvida! beijão procêis :)

    ResponderExcluir
  7. Eu ja li Lua das Fadas e ameei !!! To louca pra ler "O Trono Sem Rei" e adorei a sua resenha !! Assim q vc ler o trono sem rei posta a resenha aki por favor !!

    ResponderExcluir

© KURONEKO - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | CRIADO POR YASMIN BERARDINELLI