Por que você deve assistir Avatar - The Last Airbender

Olá :B Finalmente arranjei tempo pra postar de novo, pois a faculdade esse semestre está um TERROR e cometeu homicídio em massa com todos os alunos. Passei as últimas duas semanas indo dormir quase de manhã por causa de 56.98187248999 trabalhos, fora a semana de provas junto. Já morri e tal, mas isso não me impede de vir postar no blog hoje! \o/
O post dessa vez é especial, pois é uma espécie de review de Avatar - The Last Airbender, um desenho que amo com todo o meu coração, tipo demais, tipo muito muito muito, melhor animação ocidental em episódios  FOREVER, mas que enrolei pra terminar (e mereço sete chibatadas por isso). Conheci quando começou a passar em 2008 na Tv Globinho. Eu estava no 3° ano do ensino médio, e não foram poucas as vezes em que voltei mais cedo pra casa pra ver algum episódio - os que eu perdia, baixava pela net. Depois parou de passar e eu continuei baixando, até chegar no Livro da Terra, a segunda temporada. Parei um pouco além da metade, e mais de um ano depois, só voltei a ver por causa do namorado, que convencido pela minha falação de que era muito bom, baixou as três temporadas (que se subdividem em Livro do Ar, Livro da Terra e Livro do Fogo) e terminou todas antes de mim #chatiada (e saiu devidamente deslumbrado e fã). Daí, já que ele já tinha tudo baixado, voltei a ver e terminei rapidinho.
E a review hoje, pra ficar menos cansativa e mais rápida, decidi fazer em tópicos, até porque há muitas coisas a serem mencionadas, espero que gostem (e são tantas coisas que nem sei por onde começar).



Numa era perdida do mundo, as quatro nações, Nômades do Ar, Reino da Terra, Tribo da Água e Nação do Fogo viviam em harmonia. Mas uma grande guerra começou quando a Nação do Fogo atacou. Só o Avatar, que domina os quatro elementos, pode pará-la, mas quando todos esperam por sua ajuda, ele desaparece. Então, Katara e Sokka, dois irmãos da Tribo da Água do Sul o descobrem como um garoto dobrador de ar, cem anos depois. Mas para se tornar o Avatar, ele ainda precisa aprender a dominar com perfeição os quatro elementos, e só assim, salvar o mundo.










• A fantasia: dentre tantos motivos que me fazem amar a série, esse é de longe, o maior. Ela é claramente baseada em animes, então os criadores, Bryan Konietzko e Mike Dimartino, puderam seguir um rumo bem mais livre e diferente do que o que as animações norte-americanas costumam seguir, e por isso não é de longe, chato como a maioria. 
Imagine a ambientação numa era perdida da humanidade, cercada por nações com culturas distintas e seus respectivos elementos, cercadas por paisagens estonteantes, e cada uma mais awesome que a outra, onde a maioria das pessoas CONTROLA ELEMENTOS PORRÃN E ainda por cima, é tudo claramente baseado no oriente: China, Japão, Tibet... Precisa falar mais? Precisa! Como se não bastasse, ainda há animais originais, e o mais legal: um mundo espiritual muito detalhado, e o efeito das crenças espirituais na história, pois nas dobras e na existência do Avatar, estão envolvidos o aspecto do ying-yang, os chakras, os próprios espíritos e tudo mais.TEM ATÉ DRAGÕES, PORRÃN! E A TRILHA SONORA, OH GOD...


• Os personagens: é óbvio que, na maioria dos casos, quando você ama muito alguma criação, é pelos personagens que te convencem. Com Avatar não é diferente, pois todos são bem construídos, não tem ninguém perfeitinho e mimimi. A começar pelo Avatar. Aang tem muitas qualidades, mas sua idade e inexperiência não tornam as coisas nem um pouco fáceis, e ele rala muito pra conseguir a totalidade de seus poderes. Katara é a politicamente correta, e até a achava enjoada, até ver episódios onde ela consegue ser bem badass. E Sokka, seu irmão, não é só o piadista da Gaang (ou Avatar Team, coisa de fandom). Ele é o único da turma que não dobra algum elemento, mas isso não faz diferença alguma, já que ele é um ótimo guerreiro, com as idéias e estratégias mais geniais possíveis. Legal também dizer que os coadjuvantes, os que aparecem raramente ou depois não aparecem mais também são fodas. E agora preciso fazer 2 subtópicos:
ZUKO, PORQUÊ TÃO LINDO????
  1. Vilões, antagonistas e cia - a Nação do Fogo é a que contém maior número deles, mas obviamente, nem todo mundo lá é mau. Como O MEU, O SEU, O NOSSO QUERIDO PRÍNCIPE ZUKO! [/fangirl] Um personagem que é amado por grande parte dos fãs por tantas nuances de personalidade. Começa perseguindo o Avatar para que possa restaurar sua honra, mas na verdade tudo o que ele precisa é de um caminho próprio a seguir. É um personagem que passa por uma luta interna enorme (e acho que os fãs se identificam com isso - pelo menos eu sim), da não aceitação de si mesmo e ódio por tudo até achar seu próprio caminho, encontrar a si mesmo e estar em paz com o que finalmente se tornou. Além de seu tio Iroh, como não amá-lo? Simplesmente o personagem mais sábio de toda a série, e guarda grandes surpresas ao longo dos episódios. E como vilões mesmo, temos o inescrupuloso e doidão Ozai, o Senhor do Fogo, pai de Zuko e de sua irmã, Azula, THE CRAZY BITCH! Eu tenho uma relação de amor e ódio com ela, pois ela é muito crazy bitch, muito mesmo, mas me identifiquei em alguns pontos (não relacionados a matar ou querer dominar nada ok haha), e fiquei com pena dela no final. Quem sabe um dia sai um cosplay dela :)
  2. Garotas fodas!  É difícil escolher uma personagem preferida (a única que tenho certeza de que não é, é a Katara). Todas têm histórias ótimas e nenhuma fica só no mimimi. Destaque para Toph, a dobradora de terra ~cega~ que chinelou muuuuito dobrador foda na série toda. Ou, como já dito, a Azula, que além de crazy bitch é uma ótima dobradora de fogo, e suas duas amigas-capangas, Ty Lee e Mai, que não dobram fogo, mas lutam tão bem quanto se dobrassem. E por admirá-la muito e outros motivos que eu não falo pois seria spoiler, acho que uma hora sai um cosplay da Mai também *o*
NÃO SEJA TÃO LINDO ZUKO
• As dobras: preciso de um tópico especial pra elas. Dear God, é impossível ver o desenho e não babar até inundar a casa por causa das cenas de luta, que são perfeitas, com uma sincronia mothafockamente foda, e visualmente LINDAS mesmo, a animação é um absurdo (a luta final Zuko x Azula é a mais OMG de toda a série, sem dúvida). Eu daria um rim pra poder dobrar algum elemento. QUALQUER um. Mas confesso que tenho uma queda a mais pela dobra de fogo, pois é linda, com um significado lindo, e a mais poderosa. *o* E sei lá, pela minha personalidade, acho que tenho perfil de firebender haha.
Mas acho que é GENIAL esse contexto de dominar elementos + artes marciais. Geralmente o contexto de dominar algum elemento é sempre envolvido em algum conceito de magia (quem lembra das amadas hqs das W.í.t.c.h.? E animes e outros desenhos afora...), e geralmente não há luta em todo o significado da palavra. Mas em Avatar fizeram a coisa mais linda, e depois de assistir você também vai achar que nada combina melhor com a dominação de algum elemento do que artes marciais. As de fogo foram baseadas no estilo dos Monges Shaolin, a de terra no estilo Hung Gar, a de água no Tai Chi Chuan (que não é propriamente um estilo de luta) e de ar, no estilo Ba Gua. 
Eu já tinha muita vontade de fazer kung fu, mas depois de assistir Avatar, fiquei com mais ainda, adoraria sair por aí feito uma louca achando que domino alguma coisa. E xingarei essa merda de cidade em que moro eternamente, por não ter um mísero local que ensine kung fu. #chatiada 





• Drama, comédia e romance: Avatar inicialmente pode ser um desenho infanto-juvenil, mas a medida que a história evolui, você vê que não. A história pode ser fantástica, mas é bem realista no sentido de que, mesmo numa situação extrema, como a de uma guerra, não é só terror e tragédia o tempo todo, e você pode sim rir das coisas, pois há episódios muito engraçados, MUITO MESMO, como o da última temporada onde a Gaang vai assistir a uma peça de teatro numa ilha da Nação do Fogo, que se baseia na história de Aang e cia, mas sendo totalmente exagerada e caricata, ri até ficar sem fôlego e minha barriga doer (e rio só de lembrar do episódio), fora as situações aleatórias ou cenas satirizando os clichês de animes. 
Mas pessoas morrem, são dominadas, são presas, sofrem e choram, te lembrando de que a guerra está aí. Fora o drama interno dos personagens, e juntando tudo fica óbvio que, apesar de direcionado pra um público novo, a história amadurece de um modo, e com fatos que muitas crianças não entendem, por isso, só se enxerga a completa magnitude de Avatar assistindo quando você já é "grandinho o suficiente" pra entender tudo, e alguns episódios específicos (principalmente o final... Ah, o final) me fizeram chorar como uma sei lá o quê. Além disso, há personagens sábios pelo desenho todo, com filosofias muito bonitas, e histórias com mensagens emocionantes. 
E o romance é sucinto, não atrapalha em nada, não é em excesso e sem ele a série teria menos graça, já que nas suas devidas proporções, e não tomando conta do bagulho, deixa a história mais interessante. Não vou ficar falando de quem eu shippo aqui pra não spoilar, mas digo que fiquei bem satisfeita (e por vezes apreensiva e aloka antes de terminar), com o rumo que tudo tomou.


E duas observações finais:
1 - Pra quem viu aquele LIXO DESGRAÇADO HORRENDO ABSURDO DEPLORÁVEL de """filme""" que o surtado do M. Night Shayamalan fez pra Avatar, DESCONSIDERE TUDO O QUE VOCÊ VIU. AQUELE FILME NÃO EXISTE, OK? Olha, eu nem vi essa merda (mas é meu dever de fã de Avatar assistir e falar mal daquela bosta, já que faço parte do Movimento Xingando as Adaptações Mal Feitas Até a Morte), mas vi alguns vídeos, e é totalmente ABSURDO. Quando assistir vou fazer um post especial só pra xingar, com um parágrafo inteiro só de palavrões.
2 - Não tem como assistir Avatar e sair indiferente, ou não gostar, ou achar que é só mais um desenho, pois é muito mais que isso. É perfeito! ASSISTAM, juro que não vão se arrepender, mesmo. ♥


E ó, prometoprometoprometo que o próximo post vai ser sobre o Anime Friends - totalmente atrasado, mas melhor do que não postar (como o show do Eluveitie em janeiro e do Within Temptation em fevereiro, minhas bandas favoritas e, e cujo post fiquei enrolando e enrolando, e acabou não saindo - mas ok pelo menos o Eluveitie já que tem post aqui do primeiro show deles, no ano passado, então não é um ato tão criminoso assim). ;-;
Bisous!



Comente com o Facebook:

13 comentários:

  1. Marcos Antonio Pepe11 de novembro de 2012 06:21

    nunca vi mais parece ser legal...

    ResponderExcluir
  2. Achei que iria falar do filme :x Nunca assisti, e nem tenho vontade.
    Essa animação me deixou curiosa. Você falou tão bem, com um carinho tão grande que é difícil não deixar o leitor (eu) numa curiosidade imensa.
    Apesar de ter ficado muito curiosa eu não sei dizer quando poderei assistir, meu tempo é praticamente em sua totalidade dedicada a livros, e pra assistir fico um pouco sem tempo :x
    Mas, se aparecer a oportunidade de assistir, eu irei agarrá-la com toda força :)

    Beijão Jun :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que ficou curiosa, Jaque ^^ E sim, entendo sua dedicação com os livros, há uns meses atrás eu também estava assim hehe, mas o estágio à tarde me impede de ler como antes. Mas quando der, assista, nem que seja nas férias ou algo do tipo, garanto que você vai gostar MESMO :D Se já quiser guardar o link, tem aqui a primeira temporada: http://www.meikai-animes.net/media/serie/avatar--livro-1-agua-legendado

      Excluir
  3. Eu conheci uma louca (e só digo isso porque ela é minha amiga) que não gostou de avatar!! Ela chamava de pseudo-anime! (como não amar o Zuko, como? haha)

    A pior parte de assistir "A lenda de korra" foi saber que todos os meus personagens amados morreram <3 Mas o que mais gostei em Avatar é que foi o único épico no qual eu não quis matar o herói. Na verdade eu gosto bastante do Aang: ele é engraçado, corajoso e age na hora certa sem ficar dependendo dos amigos.

    Acho que minha escolha da personagem favorita fica entre a Toph e a Mai, com a Azula em segundo lugar. entre os masculinos, claro que o primeiro lugar vai pro Zuko, apesar de eu amar todos os personagens da série (até os caipiras do pântano, da segunda temporada) <3

    Você conhece algum link bom pra baixar? estou cansada de depender da boa vontade da tv a cabo pra assistir!

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PSEUDO-ANIME, WTF? Não acho ofensa quando é claramente baseado em um. Pseudo-anime pra mim é Ben 10 e essas merdas ¬¬ E não conheço nenhum anime com uma história sequer parecida com a de Avatar!

      E sim, TODOS MORRERAM, foi duro! ;_; Mas fiquei aliviada de ver a Katara viva e os flashbacks mostrando os outros, MAS NÃO MOSTRARAM O ZUKO FFFUUUU D8 E sim, também gosto do Aang, ele demorou pra pegar no tranco um pouco mas fez o que tinha que ser feito :) Agora achei bizarro todos os outros serem filhos dos persons anteriores e o General Iroh ser NETO do Zuko. Ok, sei que ele era mais velho, mas mesmo assim, com quantos anos ele teve filhos então, lol? o_O Fiz umas contas aqui e estimei uns 23, considerando que ele tivesse 16~17 em Avatar. Mas detesto animes e desenhos que não revelam a idade dos personagens, fico surtada e morrendo de curiosidade haha

      E sim, caipirias do pântano owned haha!

      E olha, o melhor link pra baixar tanto ATLA quanto TLOK é o www.meikai-animes.net, lá os episódios estão com uma qualidade ótima e com links fáceis, sem mimimi ^^

      E COMO NÃO AMAR O ZUKO??? [2222222adinfinitum] ♥ ♥ ♥

      Excluir
  4. Assisti a alguns episódios de Avatar na TV Globinho também, mas só alguns mesmo... :/ Hahaha, o Zuko é muito adorável mesmo! X)
    Não sei se eu deveria mencionar isso, mas eu já vi o filme! XD
    Enfim, te indiquei um meme lá no meu blog, mas não se sinta obrigada a fazê-lo! :)

    ResponderExcluir
  5. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  6. Avatar me causa muito FEELINGS eu assisti faz seculos, mas um dia desses tava reprisando na Nick e eu fui ver e... Zuko seu lindo ;u; sempre acreditei em você, A Lenda de Korra tbm é muito bom @__@ só o final que me decepcionou um pouco pq não gostei de o romance começar logo cedo, mas ok n-n

    http://himi-tsu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jun!

    Eu também assistia Avatar quando passava na TV Globinho e adorava! Se você tiver o link para baixar todas as temporadas, poderia me passar pf? *-* Eu também adorava o Príncipe Zuko e deixa eu te falar que comecei a assistir o filme mas parei no meio porque achei uma tosqueira absurda!
    " Quando assistir vou fazer um post especial só pra xingar, com um parágrafo inteiro só de palavrões." <<<< QUERO SÓ VER EIN, JUN?

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  8. Oi, Jun,

    Li a resenha até a parte em que cita o Zuko, depois foi meio difícil porque estava dando ataques de fangirl e sacumé, né... Zuko, seu lindo éssidois, éssidois.

    Brincadeiras à parte (eu li tudinho, :D), sei bem como é estar atarefada com a faculdade. Obrigada por fazer esse post direto do além :3

    Amo/sou Avatar e não vi ainda o pseudo-filme que fizeram. Um dia assistirei para poder rir e esculhambar! Beijokas ;)

    ResponderExcluir
  9. Adoro Avatar! Adorei sua review mas discordo que o filme seja ruim, eu achei legalzinho, apenas é como se fosse uma outra história parecida. É que nem o Homem Aranha do Tobey Maguire e esse outro com esse outro ator que eu não consegui ver até hoje :D hehehe meu pai já assistiu "A lenda de Aang" umas 7 vezes SEM BRINCADEIRA! Já baixei todos os episódios pra gente assistir junto =D depois das suas indicações tenho mais argumentos para convencê-lo mwahaha.
    Ahhh e só respondendo ao comentário anterior lá do meu blog que você fez, o Kyo é do Kyo de Fruits Basket mesmo, nós o chamamos de Kyon =D hehehehe ele é a coisinha mais carente, gorda e ronronenta que existe <3 e o Panqueca é uma fofura, bons tempos desde que eu o encontrei e cuidei dele com apenas alguns dias de vida, foi tão bom! Nem fazer xixi ele sabia T_T snif! Asuiadhssiauhdasiu.

    Beijos, Jun!
    \o

    ResponderExcluir
  10. eu amo avatar e detestei o filme que merda foi aquele credo, e eu que pensei que era a única a ser fã do desenho ,3

    ResponderExcluir
  11. Eu adoro essa série, eu acompanhei totalmente pela Nickelodeon, mas isso faz bastante tempo. Eu chequei o site que você falou que é bom pra baixar e, pohan, como assim? Não sei se foi por ver tantas reprises, mas achei que tivesse uma porrada de episódios, e é impressionante como tudo é bem rápido quanto não dependemos da tv à cabo. Confesso que nunca consegui ver o final, eu acompanhei o livro 3, mas naquela época eu passei por alguns transtornos familiares e não vi o final, então é uma ótima oportunidade pra rever, não? :D Descobri seu blog agora através da Danificável e adorei, geralmente quando descubro um blog que parou de ser usado, me sinto muito mal, mesmo. É como se eu não pudesse mais acompanhar as alegrias e tristezas de uma pessoa, nem descobrir coisas novas. Portanto, não largue o blog, ok?

    ~Kaue

    ResponderExcluir

© KURONEKO - 2015 | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS | CRIADO POR YASMIN BERARDINELLI